G-HP0SFRV0F4
 

É possível manter a alimentação saudável das crianças durante uma viagem?

Atualizado: 21 de mar.

Você decidiu fazer uma viagem de férias ou aproveitar um fim de semana prolongado fora de casa com as crianças, mas está preocupada e pensando em como coordenar a alimentação da família nesse período?


Acredite, essa preocupação faz todo o sentido. Afinal, nem sempre conseguimos ter acesso fácil aos alimentos que a criança gosta e podemos cair na tentação de liberar itens não saudáveis com uma frequência maior do que gostaríamos.

Saiba que, enquanto para nós, adultos, viajar é sinônimo de experimentar diversas coisas novas ou fazer refeições mais sofisticadas do que fazemos normalmente em casa, para as crianças a experiência pode não ser tão atrativa, devido a grande quantidade de alimentos e temperos desconhecidos que eles, muitas vezes, precisam lidar. Além disso, é sempre um desafio garantir que, diante de tantas opções disponíveis no café da manhã no hotel, por exemplo, elas vão optar pelas frutas ou pelos sucos naturais, e não por aquele bolo de chocolate com calda, que deixa até a gente com água na boca.


E se só isso já não fosse complicado o suficiente, também tem o fato de que as crianças ficam muito animadas com todas as atividades novas, os passeios e as brincadeiras, e tudo isso leva a um nível de excitação que as fazem não querer sentar para comer por “medo” de perder uma parte dessa diversão.


Como lidar, então, com todos esses desafios e manter um cardápio saudável e equilibrado, que não faça você retroceder nas conquistas que já teve?


A primeira coisa importante de se ter em mente é que, quando viajamos com crianças pequenas, o ideal é tentar, ao máximo, manter a rotina de horário que a família já tem em casa. Claro que algumas mudanças vão ocorrer, como o café da manhã um pouco mais tarde - afinal, vocês estão curtindo as férias - mas é importante que todas as refeições principais aconteçam, sem que nenhuma seja pulada ou substituída.


Se você for fazer uma viagem de carro, é interessante levar algumas comidas prontas e congeladas, principalmente para os bebês. Dessa forma, é possível aquecer o que for preciso e colocar em sacolas térmicas, que podem ser levadas com você durante o dia.


Nesta mesma sacola, você também pode colocar alguns snacks mais saudáveis e que poderão ser consumidos pela família toda, como frutas, palitinhos de cenoura ou pepino, lanchinhos naturais, espetinhos de tomate com queijo, etc. Tudo isso pode te ajudar muito a não ser pega de surpresa durante o dia, principalmente se o passeio for em algum local de praia ou piscina, já que quando passam um tempo brincando na água, as crianças gastam bastante energia e tendem a sentir mais fome.


E todo mundo sabe que criança com fome pode ficar bem irritada, certo? Além disso, dependendo do tempo que ela passa sem comer, pode não querer se alimentar mais, transformando a situação numa verdadeira bola de neve.


Agora se a sua estadia vai ser num hotel estilo all inclusive, as coisas podem ser bem mais tranquilas. Isso porque, normalmente, esses locais oferecem um buffet kids extremamente satisfatório e com muita opção de comida: frutas, verduras, legumes, arroz, feijão, macarrão, carninhas… ou seja, tudo o que você precisa.


Haverá muitas guloseimas também? Sim, como em todo hotel. Mas, a palavra-chave aqui é buscar manter o equilíbrio. Você, inclusive, pode conversar com as crianças antes de descer para comer e já fazer combinados com relação a quantidade de sobremesas e doces “liberados”, assim evita os momentos de estresse.


Lembrando que faz parte das nossas vidas sair um pouco da rotina e comer algo diferente. Essa vivência faz parte da nossa experiência de férias e de viagem. Mas é importante ter parcimônia nesses momentos, para que eles não gerem a falsa ideia de que isso é uma regra.


Ah, e também é super importante, independentemente do lugar para onde você vai, não descuidar da hidratação dos pequenos. Insista para que eles bebam água a todo instante e evite refrigerantes e outras bebidas industrializadas. Também não esqueça do protetor solar. Nosso verão é intenso e exige cuidados especiais.


Ficou com alguma dúvida? Então aproveite para deixar nos comentários que eu volto para responder.


0 comentário